1 de dez de 2010

Quando a Imbecilidade Reina!

Quando a Imbecilidade Reina, só resta lamentar...

Acho interessante como uns grupos ( que se pretendem sociais ) podem ser tão desunidos e metidos a merda.
Passando por classes mais ou menos ''chiques''  como músicos, intrumentistas, escritores etc a classes consideradas mais ''baixas'' - pintores, pedreiros, operários etc
 etc  ( antes que me entendam mal, não estou depreciando nenhuma dessas profissões, por isso usei aspas quando  mencionei "baixas" - porque para muitas pessoas essas profissões não são lá muito dignas de consideração - o Bóris Casoy que o diga, né, Bóris? -, e são imprescindíveis ao bom andamento de qualquer sociedade ).

A classe dos chamados desenhistas/artistas - infelizmente - não foge à maldita regra - o clube possue espécimens bem definidos dentro do escopo.

O que eu conheço de babaca do gênero não tá no gibi.( Graças a Deus, alguns não se incluem neste quesito, não foram infectados e eu espero que nunca sejam e que sempre possuam a capacidade de se maravilhar até ante as coisas mais simples mas que muitas e muitas vezes são carregadas de beleza e complexidade ).

Geralmente assumem uma postura pseudo-professoral diante de algum trabalho e podem grunhir ou não comentários ácidos sobre o assunto em questão, isso quando não detonam a obra alheia de uma vez por todas.
Geralmente adoram os famosos 'tapinhas nas costas' e acham-se os reis do pedaço até serem surpreendidos por alguém que tenham talento igual ou até maior do que eles.

Isso me lembra certa vez, quando, ao mostrar uma pasta com alguns trabalhos meus a um indivíduo ( que também desenha, evidentemente ) e ele olhou as folhas com um certo ar de fadiga e despediu-se mudo com um sorrisinho petulante de canto de boca.
Soube depois que havia feito comentários insossos a um colega nosso questionando do porquê de eu não colocar isso ou aquilo nos meus desenhos.

Típico palavrório de imbecil que se sentiu 'destronado', não que eu quisesse que ele caísse de joelhos e me adorasse, longe disso! É natural que pessoas que possuem determinadas afinidades troquem idéias sobre o tema. É enriquecedor para ambas as partes, aprender macetes novos etc.
Achei os trabalhos do cara excelentes ( sei reconhecer quando se tem valor, claro ) MAS ao mostrar-lhe os meus alguns dias depois, o cara emudeceu. Disseram-me que ele era tímido ( estranho...me pareceu bem vivaz e saltitante antes do ocorrido, tipo uma gazelinha no cio... =P ).

E o fato de eu não colocar isto ou aquilo como parte de um trabalho meu é porque não faz parte do meu estilo de desenhar, pôôô!

Simples assim!!

Tenho certeza que, com você, dileto leitor, já deve ter acontecido algo semelhante, talvez não com desenho mas em algum momento de sua vida, no seu trabalho, escola até mesmo na família - ser acometido pelo olhar fuzilante de algum despeitado idiota.

A humanidade é assim mesmo... alguns camuflam toda sorte de peçonha e se portam como verdadeiros amigos, ainda que nos esfaqueando pelas costas, outros nem escondem o ar de insatisfação mesmo estando calados e há os que se mostram como verdadeiramente são - pessoas azedas que vivem uma vidinha incolor.

Ninguém é obrigado a gostar de nada e gosto, como se diz por aí, não se discute.
Tenho as minhas preferências também, claro, nada mais lógico. Tem-se opção de escolha.
O que não se tem é direito de subir num pedestal e portar-se como se não existisse ninguém mais além de si mesmo sem o mínimo respeito e consideração por nada.

A estes indivíduos uma singela e sonora BANANA!


E tenho dito!
Concordam comigo? hehe

Grande abraço, pessoal.

12 comentários:

  1. Gente deste tipo, tem muitas, infelizmente... mas tá certo que cada um não é obrigado a gosta e querer puxar o saco ou joga pedra.

    O Simples mesmo é querer analisar e notar.
    Pronto ^^

    ResponderExcluir
  2. rsrsrs mas é verdade, Alexandre, tem uma turma aí que acha que pode tudo só porque desenha.
    Adquiriram (ou já mostraram desde crianças) uma certa habilidade no manuseio do lápis e começam a se achar como uma espécie de 'raça superior'.
    Mermão , nunca gostei muito de mostrar meus desenhos pra todo mundo porque sempre tinha alguém que pensava que eu queria me mostrar com aquilo, e não era verdade - mas a maldita da inveja aparecia bem visível na fisionomia da pessoa.
    E você acredita que esse sentimento maldito também existe no meio artístico? Como diz a música do Metallica = Sad but true "triste mas verdade"...
    Fazer o quê, né?
    Abração

    ResponderExcluir
  3. Bem,admito que sou um pouco assim...não tenho vergonha de não mostrar isso,embora nunca tenha me sentido superior aos demais(só quando eu era pequetucho...vivia sozinho e isolado,mas não vem ao caso).
    Acho que isso existe em todos em maior ou menor quantidade...agora eu meio que não me importo com mais nada sobre isso,olho pro desenho/obra de alguma pessoa e acho bonito,dá vontade de ir e fazer igual,capto a "essência" da composição e tento reproduzir de meu jeito.
    Sobre esse sentimento de "inveja",acho que advém de insegurança e isso tende a ser mais comum ainda no meio artístico,já que é uma profissão "instável":você não sabe quanto vai ganhar no final do mês,então dá meio que um medo quando você vê alguém melhor do que você...isso é pior pra quem tá apenas começando como eu...mas a vida ensina.

    ResponderExcluir
  4. De certa forma sim, a inveja revela insegurança mesmo, e vc falou tudo com relação à instabilidade da profissão.
    O que é interessante é que eu tenho um amigo, Roberval, que desenha 'monstruosamente', sabe mais de desenho que qualquer outro que eu conheça pessoalmente, arrebenta geral e nunca se portou do jeito que umas pessoas que conheci se portam. Ao contrário, sempre fez questão de "elogicriticar" da maneira mais construtiva possível e hoje, se eu procuro ser o mais correto possível nos meus trabalhos, devo isso a ele em grande parte.
    Grande abraço,Lipe.

    ResponderExcluir
  5. Cara,achei que nem iam comentar o que escrevi aí,já que era um post antigo....
    xP
    Enfim,já conheci pessoas assim como você descreveu e tenho que notar que são poucos que "elogicriticam" os outros,mas acredito que inveja em si não seja ruim,todo mundo tem de certa forma....o problema é quando você prejudica outra pessoa com ela.
    Ter inveja é uma coisa,querer prejudicar é outra e cada um tem seus motivos pra sentir inveja e isso não cabe a nós julgarmos...eu tenho tido o hábito de dar utilidade a minha inveja como um motor de impulso,é algo bom pra mim e não prejudico ninguém.
    Seu blog é muito bom e desejo sucesso.
    o/

    ResponderExcluir
  6. Falou bem, Lipe. Obrigado pela força!
    Sucesso para nós. =D
    Abração

    ResponderExcluir
  7. Falou bem, Lipe. A inveja pode até ser boa se te faz se esforçar mais para ser como aquela pessoa ou conseguir fazer o que ela faz. Eu canso de invejar os mangakás de certos mangás, tipo Trinity Blood, o cara tinha um traço tão lindo que acabei me inspirando pra melhorar meu próprio traço, e tem também quem faça manipulações digitais lindas que eu tento reproduzir pra desenvolver minhas próprias depois, e tudo isso porque comecei a invejar o talento deles. Ter aquela "invejinha branca" é um ótimo veículo motor, principalmente quando se está começando.
    Mas daí tem pessoas que por um motivo ou outro acabam depreciando o trabalho alheio, e outras que apenas gostam de destilar o veneno. Quantas vezes não recebi comentários totalmente negativos sobre trabalhos meus (tanto minhas histórias quanto meus desenhos), não críticas construtivas, mas sim palavras ofensivas de outros escritores/desenhistas? Isso acaba desmotivando, de certa forma. Uma coisa é não ter gostado do trabalho - cada um com seus gostos -, outra totalmente diferente é ofender de maneira gratuita (e muitas vezes infundada) algo que uma pessoa se dedicou e se esforçou para fazer. E, nem tão raras vezes assim, por puro despeito... Quem nunca recebeu críticas (des)construtivas de alguém cuja obra sequer chega aos pés das suas? Sem modéstia mesmo - porque sempre acontece.
    Parabéns pelo blog, gostei muito, ganhaste mais uma seguidora.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Falou tudo, Misstaked, muito bom.
    Um grande abraço do Betto.
    Volte sempre! =D

    ResponderExcluir
  9. Falou tudo!!!

    Grande abraço, Betto.

    ResponderExcluir

.Comentários neste blog são moderados, portanto não serão mais aceitos:
_comentários anônimos
_sem relação com o post;
_contendo links de PROPAGANDA de outros blogs ou qualquer tipo, com o pretexto de comentário ;
_conteúdo ofensivo e imbecilidades;

Este tipo de conteúdo será sumariamente deletado.