13 de abr de 2012

Mestres do Desenho - Alex Raymond

"Alex Raymond (nascido Alexander Gillespie Raymond; 2 de Outubro de 1909, em New Rochelle, Nova Iorque - 6 de Setembro de 1956) foi desenhista dos Estados Unidos, criador de personagens como Rip Kirby (1946) (br.: Nick Holmes), Agente Secreto X-9 (1934) e Flash Gordon (1934). Seu virtuosismo e realismo nos desenhos inspirou o estilo de vários artistas e até muitos anos depois da sua morte, continua a influenciar o trabalho dos artistas de quadrinhos.

Depois de alguns trabalhos como assistente no final dos anos 20, nas séries Tim Tyler's Luck e Tillie the Toiler, Raymond alcançou a notoriedade quando foi contratado em 1934 para desenhar Flash Gordon, um personagem concorrente de Buck Rogers, o primeiro heróis espacial do gênero. Para completar a página, ele desenhou Jungle Jim (br.:Jim das Selvas), inspirado nas aventuras da selva de Tarzan. Seus personagens pareciam criados por encomenda para concorrerem com outros. Por exemplo: Jim das Selvas veio para fazer frente ao Tarzan. o Agente X-9 a Dick Tracy e Flash Gordon ao Buck Rogers. Esta semelhança levou a Johnny Weissmuller (o eterno Tarzan) dar vida também ao Jim das Selvas. E Buster Crabber, o primeiro ator que interpretou Flash Gordon, a também encarnar a figura de Tarzan.

Flash Gordon, seu personagem mais famoso
Depois dos êxitos nos anos 30 e início dos anos 40, Raymond interrompeu em 1944 a carreira para lutar na Segunda Guerra Mundial, servindo como fuzileiro nas batalhas do Pacífico. Ao retornar da Guerra, ela retomou o trabalho artístico anterior, criando outro personagem de sucesso internacional: Rip Kirby. Por esse trabalho ele recebeu o prêmio Reuben em 1949, concedido pela National Cartoonists Society."

"Mas  foi com Flash Gordon ( que ganhou uma versão cinematográfica horrorosa em 1980 ) que Raymond atingiu o sucesso absoluto. A tira, futurista, narrava as aventuras de Flash, sua namorada Dale e o professor Zarkov, no planeta Mongo, contra a cruel tirania do imperador Ming. Flash Gordon pouco tinha de ficção científica, servindo mais de desculpa para Raymond exercitar sua imaginação apocalíptica.

Flash Gordon transformou-se num sucesso pela beleza do estilo de Raymond, cujos desenhos - limpos e claros -pareciam ter se inspirado nas pinturas de Michelângelo. E se em Flash Gordon a eterna luta entre o bem e o mal se manifesta de maneira simplória, com uma história que não era lá essas coisas, a concepção plástica da mesma compensava tudo..."


 "Em 1950 torna-se presidente da Sociedade Nacional de Cartunistas, cargo que ocupa até 1951. Morre cinco anos depois em um acidente de carro, com fama de o melhor traço da história dos quadrinhos."



Para saber mais - Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Alex_Raymond
http://www.graphiqbrasil.com/cartunistas/alexraymond.html
http://www.algosobre.com.br/biografias/alex-raymond.html

2 comentários:

  1. Grande Betto, meu amigo, vc que é um cara mais por dentro que talo de macacheira, nao tem aí um link pra nós baixar uma revista desenhada pelo mestre Alex?
    Flw.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehehe Camarada, achei este blog com algumas coisas, mas as revistas são com o Jum das Selvas em espanhol:
      http://hqpoint.blogspot.com.br/2010/11/alex-raymond.html

      Com o Flash Gordon achei este:
      http://www.4shared.com/get/8GVDMcBK/Flash_Gordon_1934-1935_Alex_Ra.html

      Abraço, grande Adriano!

      Excluir

.Comentários neste blog são moderados, portanto não serão mais aceitos:
_comentários anônimos
_sem relação com o post;
_contendo links de PROPAGANDA de outros blogs ou qualquer tipo, com o pretexto de comentário ;
_conteúdo ofensivo e imbecilidades;

Este tipo de conteúdo será sumariamente deletado.